• Igreja Evangélica da Madalena

A Igreja de Laodicéia


Apocalipse 3



“14 E ao anjo da igreja que está em Laodiceia escreve: Isto diz o Ámen, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus; 15 Eu sei as tuas obras, que nem és frio nem quente: oxalá foras frio ou quente! 16 Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. 17 Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; 18 Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e vestidos brancos, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas; 19 Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende-te. 20 Eis que estou à porta, e bato: se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. 21 Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono. 22 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.”



Carência de imunidade


Laodiceia era uma cidade importante e muito rica. Fundada em 250 a.C., por Antíoco da Síria, era importante pela sua localização estratégica e enriqueceu por estar no meio das grandes rotas comerciais. A igreja tinha assumido a postura da cidade (os crentes de Laodiceia eram crentes insípidos, não eram o sal da terra).

Em vez de transformar a cidade, a igreja tinha-se conformado com a cidade. Os crentes agiam e pensavam como a cidade. Para eles, a prosperidade era a prova da aprovação divina. A cidade de Laodiceia destacava-se por quatro características:


1) Centro bancário e financeiro

2) Centro de indústria de tecidos

3) Centro médico de referência

4) Centro de águas térmais


A carta aos laodicenses não menciona qualquer perseguição da parte dos romanos, dificuldades com os judeus ou qualquer tipo de falsos mestres dentro da igreja. Laodicéia era muito parecida com Sardes, um exemplo de cristianismo nominal e acomodado. A grande diferença é que em Sardes ainda havia um núcleo remanescente que tinha preservado a fé viva (Ap 3.4), enquanto que toda a igreja de Laodicéia estava tomada pela indiferença… A cidade de Laodicéia exerceu uma influência mortal sobre a vida espiritual da igreja.

Ap 3.15-16 | “15 Eu sei as tuas obras, que nem és frio nem quente: oxalá foras frio ou quente! 16 Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.”


A chave para se interpretar a afirmação de Jesus está na geografia daquela região. Hierápolis (que abastecia Laodiceia) era conhecida pelas suas águas quentes medicinais. Colossos (que também abastecia Laodiceia) era famosa pelas águas frias refrescantes. Portanto, o que Jesus afirma é algo mais ou menos assim: “enquanto a água quente de Hierápolis serve para curar e a água fria de Colossos serve para refrescar, a água morna de Laodiceia não tem qualquer utilidade, ela só serve para adoecer – provocar vómitos. Melhor seria se eles fossem frios (refrescassem) ou quentes (curassem). Mas eles só causam náuseas, pois são mornos”.

A igreja ou o indivíduo que perdeu o seu vigor espiritual, por se ter contaminado com o pecado e recusado a ver a realidade na ótica da Palavra de Deus, perde a sua utilidade. Não cura nem refresca quem quer que seja. Causa apenas náusea àqueles que se aproximam. Pois no Sermão do Monte Jesus coloca da seguinte forma,:


Mateus 5.13 | “Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há-de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.”


LAODICÉIA: A IGREJA MORNA


Não seja como a igreja dos laodicenses. Não seja morno. Ser morno é ser imprestável. Quem é quente, cura. Quem é frio, refresca. Mas quem é morno causa vómitos a Deus e ao próximo.

Portanto:

1 não se deixe contaminar por este mundo;

2 não se permita enganar pelo seu coração;

3 não queira apodrecer na inutilidade.

Romanos 12.1-2 | “1 ROGO-VOS pois irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. 2 E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

O Senhor está à porta do seu coração. Ele bate. Ele quer entrar. Abra o seu coração. Convide-o para entrar. Sacie-se na ceia com ele.

67 visualizações
Morada da Igreja

Largo Cabine 100,

4405-732 Vila Nova de Gaia - Madalena

914 359 378

igrejaevangelicadamadalena@gmail.com

  • Grey YouTube Icon
  • Grey Facebook Icon

Contato